Warning: file_get_contents(https://bitbucket.org/pixelindustry/public-repository/downloads/version-check.json) [function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/wellcon/www/wp-content/themes/elvyre/includes/libs/helper.php on line 288
Wellcon: De uma explosão a uma empresa de consultoria e prevenção | Wellcon
  • +55 (79) 4009-9696
  • contato@wellcon.com.br
  • Access to Webmail
  • Access to Platform
  • Desde a infância pude acompanhar o blowout, que é explosão com fogo, do poço no campo de Mapele, na Bahia. Isso marcou bastante, o clarão ficou na minha memória. Entrei na Petrobras em janeiro de 1973, no primeiro dia fui visitar as instalações da base de produção em Candeias, na Bahia, e aconteceu um blowout numa sonda. Mais uma vez veio à lembrança da infância e a certeza que tinha que atuar profissionalmente na área de segurança operacional”.  Ivaldo Mesquita Ferreira – Fundador da Wellcon.

    Depois de atuar por muitos anos na Petrobras, inclusive foi um dos responsáveis pela implantação em 1981 do Centro de Treinamento de Taquipe – BA, voltado para capacitar as equipes que iriam operacionalizar as sondas marítimas para águas profundas, Ivaldo Mesquita se aposentou e em julho de 1998 fundou a Wellcon Treinamento e Consultoria. O empreendimento faz parte da Rede PetroGás Sergipe e é um dos casos de sucesso da Rede Petro Brasil.

    “Desenvolvi um projeto voltado para a simulação de Kicks e Blowouts. O Kicks é quando o poço de petróleo perde o controle. Se o controle não for retomado acontece o blowout, que é a explosão com fogo. O treinamento era teórico e prático e tinha como proposta preparar a equipe para lidar com essas situações. O que me inspirava era motivar os alunos a aprender e nunca mais se esquecer. Isso levei para a empresa”, destaca Ivaldo Mequita.

    Wellcon

    O diferencial da empresa é a tecnologia que desenvolveu na área de controle de poços. Trata-se de um simulador que transmite o mais próximo possível à realidade da perfuração em águas ultraprofundas, totalmente interativo com o usuário. Aprovado pelas entidades internacionais IADC e IWCF, com 100% das exigências atendidas, o simulador foi incrementado para atuar nas operações de workover (operações em poços de produção) e na atividade de wellservice (serviços) em poços, destacando a atividade de flexitubo (tubo flexível).

    Além do desenvolvimento do simulador, a Wellcon presta serviços de capacitação, com cursos na área de perfuração e produção. A empresa também realiza consultoria, com auditoria e inspeção geral de sondas e específica do sistema de segurança de poços, e desenvolve projeto de perfuração de intervenção em poços. O empreendimento possui vários clientes no Brasil e em outros países.

    Para José Carlos Câmera, analista da Vale, é importante treinar a equipe na área de segurança.

    “A equipe está participando de um curso importante na área de operação de sonda, ele fala sobre a segurança da sonda na operação com o poço. Ideal para o pessoal novo, que está vendo pela primeira vez o equipamento, é de vital importância. Vamos iniciar com o projeto carnalita, um projeto novo, pioneiro no Brasil. Estamos treinando o pessoal na parte de segurança do poço, do equipamento e da equipe que está trabalhando, e a Weelcon é o local certo para fazermos esse treinamento”.

    Certificação e Mercado

    Outro ponto de destaque é que a empresa possui as três principais certificações, que são a ISO 9001, ISO 14001 e a OHSAS 18001. A primeira trata a questão da Gestão de Qualidade, a segunda é sobre Meio Ambiente e a terceira Segurança e Saúde no Trabalho.

    “A empresa que possui as três certificações se enquadra no SGI – Sistema de Gestão Integrada, e passa a ter uma visibilidade muito maior”, explica a analista do Sebrae, Ana Nunes, gestora do projeto petróleo e gás.

    Uma empresa certificada é mais competitiva e fica com mais credibilidade. “Muitas grandes empresas só compram materiais que requerem qualificação técnica e que sejam fabricados por empresas certificadas”, alerta o consultor Aladio Antonio, gestor pela Petrobras do projeto Petróleo e Gás.

    “Possuímos as três certificações, a administração da Wellcon está baseada no SGI – Sistema de Gestão Integrada. Nossa empresa faz parte da Rede Petro Sergipe desde o início, isso tem ajudado bastante. Possuímos vários clientes em Sergipe, Brasil e na Bolívia, Angola, Portugal, Alemanha e Holanda”, diz Ivaldo.

    Rede Petro

    Integrante da Rede PetroGás Sergipe desde o início, a Wellcon já participou de várias missões para feiras e eventos como a Brasil Off Shore, Brasil On Shore, Petro Brasil, Santos Off Shore, além da OTC em Houston e de eventos na Noruega e na Argentina.

    “O projeto petróleo e gás, desenvolvido pelo Sebrae e Petrobrás, tem dado todo suporte para os integrantes da Rede Petro Sergipe. Além das missões técnicas, temos oportunidade de participar de várias capacitações, inclusive todos os gestores da empresa fizeram o curso Empretec, Sebrae Mais, além de vários programas e treinamentos promovidos pelo projeto petróleo e Gás”, alerta Ivaldo Mesquita.

    Para Flavia de Oliveira Cruz, coordenadora do SGI – Sistema de Gestão Integrada, trabalhar na Wellcon é fazer parte de uma grande família. “Todos os nossos colaboradores e parceiros são tratados como uma grande família, com respeito, consideração e, acima de tudo, visando o aprendizado. Sempre aprendendo com nossos acertos e falhas”, alerta.

    Fonte: Agência Sebrae

    Share:Share on LinkedIn0Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0

    Deixe um comentário

    Campos obrigatórios estão marcados *